8 de maio de 2011

GENEALOGIA


Augusto Higa


Hoje é o Dia das Mães. Minha mãe amava as coisas simples e a beleza. Era boa com todos os que estavam por perto. Era humana.Era vaidosa. Amava a vida. Quando foi embora me deixou seu legado, sua memória feita de um tempo que não conheci.

GENEALOGIA

morro ao contrário e viro minha mãe
ela vinha da Polônia
sem adivinhar que me carregava
em seu destino
que me carregava em suas unhas
em sua voz
eu a vejo no convés do navio
era criança e não sabia os terríveis
peixes que o oceano esconde
ainda trazia nos cabelos o cheiro do feno
as vozes da aldeia
eu era ela seus olhos espreitando o céu imenso
e já fazia parte do seu silêncio
morro mais um pouco e viro minha avó
limoando a casa para o sabat
ela era jovem tinha longas tranças
e um coração assustado feito vento
na próxima semana ela casaria
e nem tinha visto o noivo ainda
se Deus ajudasse ele seria calmo
e protegeria sua vida
como com as mãos ela protege
a chama das velas
eu estou dentro dela embutida em seus desvelos
eu a vejo com os olhos de quem só vai nascer
milhares de horas depois
atravessando os escombros que separam
os avós dos seus netos
morro mais um pouco ainda
e não consigo vê-la
a mãe da minha avó
nem sei seu nome
ela é uma sombra tão longe
e quando fala não consigo escutar
embora me esforce tanto que me doem os ossos
eu já estava escrita na trilha
dos seus olhos tristes?


 

5 comentários:

Nathacha disse...

Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
http://medicinepractises.blogspot.com/

Wallace Santos disse...

muito bom e d vocabulário bem vasto


tambem escrevo poemas se quiser me fazer uma visita vou te esperar

http://r3alt.blogspot.com

"Alice e Nathália" disse...

Olá, muito lindo seu blog. Estava dando uma olhadinha :D ja estou te seguindo tb. Se quiser me seguir assim posso visitar sempre aki okay.. Bjs e uma boa noite

Rafael Queiroz disse...

muito bom! foi vc quem escreveu?

to seguindo! visita qnd der
http://ocioelucidativo.blogspot.com/

Círculo Artístico de Saquarema disse...

Sejam Bem-vindos amigos!
Este poema lindo é da nossa colaboradora a escritora e poetisa, Roseana Murray.
Abraço, Telma